Própolis

Própolis é um produto da colméia obtido pelas abelhas a partir de resinas retiradas de secreções das árvores, quando destas se quebra algum galho, dessa forma protejendo-se com um produto natural de poder antibactericida. As abelhas reprocessam essa seiva originando o própolis, tornando-se bastante útil ao ser humano que o usa como auxiliar medicamentoso em virtude do seu poder antibactericida, antifúngico e anti-inflamatório.

Seu nome usualmente é aceito como proveniente do grego, mas também do latim, vindo a significar "em frente à cidade" pelo caráter defensivo que tem para a colméia. O própolis tem duas finalidades fundamentais para as abelhas: vedar a colmeia de maneira a não entrar água, vento ou outro animal e serve também para mumificar outros insetos que penetrem na colmeia. As abelhas recolhem-no em dias quentes (acima de 20 º C).

Em decorrência da sua propriedade bactericida, as abelhas utilizam o própolis para desinfetar e embalsamar partes da colméia, assim, neutralizando qualquer possibilidade de contaminação por fungos ou bactérias. Sua consistência depende da temperatura, sendo uma substância pegajosa de cor marrom ou verde escuro, de cheiro resinoso, que amolece com o calor e se torna quebradiço com o frio.

A composição química é completa: possui substâncias aromáticas, bálsamos, flavonas e substâncias minerais ( apesar de serem ainda bastante desconhecidas). Tem atividade antiproteolítica, bactericida e bacteriostática: isso se atribuiu às presenças da hidroxiflavina e da galangina. É também considerado antifúngico, anti-inflamatório e analgésico. Dissolvido em álcool ou formando parte de ungüentos, acelera a cicatrização das feridas e queimaduras, faz desaparecer as verrugas e cura algumas afecções da pele.

Seu uso mais característico é na solução alcoólica para ser utilizada por via oral, dissolvida, tanto quanto possível, em um pouco de água. É também muito eficaz na forma de desinfetante tópico, assim como em bochechos (colutório) e em processos infecciosos da boca e garganta. Possui propriedades antioxidantes que protegem o corpo dos radicais livres. Existem também na forma de cremes e pomadas, muitas vezes à base de cera de abelhas, a qual é adicionada para aumentar a sua utilidade.

Fonte: www.apitox.eu

Clique aqui para voltar

             • Lageado – São Paulo – SP - Contato: (11) 2961.8942 | 7614.5491

• Vila Formosa – São Paulo – SP - Contato: (11) 8169.5717
Abelha Saúde - © Todos os direitos Reservados
Site desenvolvido por