Reações Adversas

Hipersensibilidade à apitoxina

Estima-se que apenas 2% da população mundial seja hipersensível ao veneno das abelhas, ou seja, com uma única aplicação pode se desenvolver um choque anafilático, que pode por em risco a vida do paciente se não for tratado a tempo com um antídoto. Por isso, antes de iniciar um tratamento, o paciente deve submeter-se a um teste de tolerância.

Os sintomas normais que aparecem durante as primeiras aplicações são:eritema e edema na área tratada, que desaparecem em 30 minutos. Cada indivíduo reage de forma diferente, de modo que alguns podem desenvolver um edema secundário mais extenso algumas horas depois (acompanhado de eritema e prurido), que pode perdurar de 8 a 24 horas e desaparecer posteriormente em 2 a 3 dias.

Reação imunológica

O sistema imunológico do nosso organismo reage à presença de toxinas, bactérias ou vírus mediante à produção de uma reação química que visa a eliminação desses invasores. Contudo, algumas vezes esse sistema reage de forma exagerada a substâncias comuns, como alimentos ou pólen, por exemplo. Esta reação exagerada pode causar síntomas muito leves (urticária) até muito severas como um choque anafilático.

A produção de anticorpos ou imunoglobulinas IgE aos alérgenos dos alimentos e a liberação de histaminas e outros químicos no sangue, indicam uma alergia real aos alimentos, diferentemente da simples intolerância devido à falta de enzimas digestivas.

Reações de hipersensibilidade (ao fim de 20 minutos)

Dificuldade respiratória, colapso, perda da consciência e reação vasovagal (relaxamento dos esfincteres).

Reações de hipersensibilidade acelerada (aos 3 minutos)

Dor abdominal intensa, tosse, disfonía, sensação de asfixia, broncoconstrição e choque anafilático (parada cardiorrespiratória em 20 minutos)

Reações de hipersensibilidade tardia (Geralmente no terceiro dia)

Eritema e prurido generalizado.

Choque Anafilático

A apitoxina aplicada em doses adequadas não provoca alergia severa ou choque anafilático. As causas possíveis para o desenvolvimento de um choque anafilático por sua inoculação são:

- sobredoses (número de microdoses);

- perda da tolerância pelo tempo: ocorre quando um paciente suspende o tratamento por mais de 30 días, sendo obrigado a reiniciar o processo;

- pela realização do tratamento antes de 5 dias;

- por ingestão, concomitantemente ao tratamento com a apitoxina, de certos alimentos como a pimenta e condimentos ou de bebidas alcoólicas.

Fonte: INSTITUTO LATINOAMERICANO DE APITERAPIA e www.apitox.eu

Clique aqui para voltar

             • Lageado – São Paulo – SP - Contato: (11) 2961.8942 | 7614.5491

• Vila Formosa – São Paulo – SP - Contato: (11) 8169.5717
Abelha Saúde - © Todos os direitos Reservados
Site desenvolvido por